U.S. flag An official website of the United States government
  1. Home
  2. News & Events
  3. FDA Newsroom
  4. Press Announcements
  5. A FDA aconselha realizar testes do vírus Zika em todos os sangue e componentes sanguíneos doados nos EUA
  1. FDA Newsroom

FDA News Release

A FDA aconselha realizar testes do vírus Zika em todos os sangue e componentes sanguíneos doados nos EUA

A FDA aconselha realizar testes do vírus Zika em todos os sangue e componentes sanguíneos doados nos EUA

For Immediate Release:
August 26, 2016

English

Como medida de segurança adicional contra o surto emergente do vírus Zika, hoje a Food and Drug Administration dos EUA emitiu um guia revisado recomendando o teste universal do vírus Zika em sangue total e componentes sanguíneos doados nos EUA e seus territórios.

"Ainda há muita incerteza sobre a natureza e a extensão da transmissão do vírus Zika", comentou o Dr. Peter Marks, MD, Ph.D., diretor do Centro para Avaliação e Pesquisa Biológica da FDA. "No momento, a recomendação para testar o fornecimento total de sangue ajudará a garantir o fornecimento de sangue seguro para todas as pessoas que necessitarem de transfusão".

A FDA emitiu o primeiro guia em 16 de fevereiro recomendando que apenas as regiões com transmissão do vírus Zika ativo testassem o sangue total e componentes de sangue doados, usassem dispositivos de redução de patógenos ou interrompessem a coleta de sangue e obtivessem sangue total e componentes sanguíneos de outras regiões dos EUA sem transmissão do vírus ativo. Todas as regiões com transmissão ativa nos Estados Unidos estão atualmente em conformidade com este guia.  O guia revisado anunciado hoje recomenda que todos os estados e territórios dos EUA testem as unidades individuais de sangue total e componentes sanguíneos doados com um teste de triagem de sangue autorizado para uso pela FDA sob uma requisição de novo medicamento de investigação (Investigational New Drug - IND) ou o teste licenciado quando disponível. Alternativamente, um dispositivo de redução de agentes patogênicos aprovado pela FDA pode ser usado para plasma e determinados produtos de plaquetas.

A FDA está atualizando seu guia após cuidadosa consideração de todas as evidências científicas disponíveis, consulta com outros órgãos de saúde pública, e após levar em consideração as potenciais consequências graves à saúde devido à infecção pelo vírus Zika em mulheres grávidas e bebês de mulheres expostas ao vírus Zika durante a gravidez. O teste de sangue doado já está sendo realizado na Flórida e em Porto Rico, bem como em outras regiões e tem mostrado ser benéfico na identificação de doações infectadas com o vírus Zika. A expansão do teste continuará a reduzir o risco de transmissão do vírus Zika por meio do suprimento de sangue dos EUA e permanecerá em vigor até que o risco de transmissão por transfusão do vírus Zika seja reduzido.

O vírus Zika é transmitido principalmente pelo mosquito Aedes. O vírus Zika pode também ser transmitido por contato sexual. Embora 4 em cada 5 pessoas infectadas com o vírus Zika nunca desenvolvem sintomas, quando estes ocorrem, podem incluir febre, artralgia (dor nas articulações), exantema maculopapular (área vermelha com pequenas saliências) e conjuntivite ( olhos vermelho e irritados). Além disso, a infecção pelo vírus Zika durante a gravidez pode causar defeitos congênitos graves e está associada a outros problemas adversos da gravidez.

"À medida que novas informações científicas e epidemiológicas referentes ao vírus Zika tornaram-se disponível, ficou evidente a necessidade de medidas de precaução adicionais", comentou a Dra. Luciana Borio, MD, chefe cientista da FDA. "Estamos fornecendo guias revisados para implementação imediata a fim de ajudar a manter a segurança do suprimento de sangue dos EUA".

A primeira transmissão local por mosquitos não relacionada à viagem do vírus Zika nos EUA foi relatada em Puerto Rico em dezembro de 2015; e logo depois, foram relatadas transmissões locais na Samoa Americana e nas Ilhas Virgens Americanas. Em julho de 2016, os primeiros casos locais de transmissão do vírus Zika não relacionados a viagens nos EUA continental foram relatados no condado de Miami-Dade, Flórida.

Além de proteger o fornecimento de sangue do país, a FDA trabalha para proteger a segurança do abastecimento de células humanas, tecidos e produtos celulares e baseados em tecido do país; apoia o desenvolvimento e disponibilidade de testes de diagnóstico que podem ser úteis para identificar a presença ou a exposição prévia ao vírus Zika; trabalha com desenvolvedores comerciais e governamentais para avançar o desenvolvimento de vacinas experimentais e terapêuticas e monitora queixas de produtos fraudulentos e  falsos relacionados com o vírus Zika.

FDA, uma agência do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA, promove e protege a saúde pública por meio de garantir a segurança, eficácia e segurança dos medicamentos humanos e veterinários, vacinas e outros produtos biológicos para uso humano, além de dispositivos médicos. A agência é também responsável pela segurança do abastecimento de alimentos, produtos cosméticos, suplementos alimentares, produtos que emitem radiação eletrônica e regulamentação de produtos do tabaco dos EUA.

###


Inquiries

Media:
Gloria Sánchez
301-796-7686
Consumer:
888-INFO-FDA

Related Information